SBP e Asbai publicam atualização do Consenso Brasileiro sobre Alergia Alimentar

SBP e Asbai publicam atualização do Consenso Brasileiro sobre Alergia Alimentar

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e a Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (Asbai) publicaram no último dia (16) a atualização do Consenso Brasileiro sobre Alergia Alimentar. Entre os diferentes aspectos analisados está a alergia à proteína do leite de vaca (APLV), muito comum entre o primeiro e o terceiro ano de vida. O material contou com a colaboração de mais de 20 especialistas envolvidos no manejo da doença coordenados pelo diretor científico da Sociedade, dr. Dirceu Solé.

Saiba mais
Continue reading...

A alergia alimentar pode acontecer na fase adulta

A alergia alimentar pode acontecer na fase adulta

Embora rara, a alergia alimentar pode acontecer na fase adulta

Muito se ouve falar em alergia alimentar em crianças, mas e os adultos, também podem desenvolver esse tipo de alergia? Segundo a Coordenadora do Departamento Científico de Alergia Alimentar da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI), Dra. Renata Cocco, apesar de muito raro, existem alguns casos descritos.

Sintomas podem ser confundidos com os da intolerância à lactose

Saiba mais
Continue reading...

“Tinha tanto medo de comer que parei de crescer aos 11 anos”

“Tinha tanto medo de comer que parei de crescer aos 11 anos”

Errin Godwin Whalley pegou trauma da comida ainda bebê, quando teve uma reação alérgica; por mais de 10 anos, não conseguiu comer direito e desenvolveu uma deficiência de crescimento rara por conta disso.

Errin Godwin Whalley era uma talentosa jovem bailarina na infância, mas sofria as consequências de um medo descomunal de comida. Ela sentia tanto pavor dos alimentos que não conseguia comer direito. Como resultado, interrompeu seu processo natural de crescimento com apenas 11 anos.

Saiba mais
Continue reading...

Alergia alimentar pode levar à morte, mas é menos comum que se pensa

Alergia alimentar pode levar à morte, mas é menos comum que se pensa

Um estudo publicado recentemente no Journal of Allergy and Clinical Immunolog y mostrou que 3,6% dos americanos apresenta alergias alimentares – número inferior ao de pesquisas anteriores. No Brasil, a estimativa é que 7% da população tenha alguma alergia alimentar, segundo Ana Paula Castro, membro do departamento científico de alergia alimentar da Asbai (Associação Brasileira de Alergia e Imunologia).

Saiba mais
Continue reading...

Pesquisadores no Japão identificam alergias alimentares através de testes de urina

Pesquisadores no Japão identificam alergias alimentares através de testes de urina

A análise de substâncias na urina poderia ajudar no diagnóstico precoce de alergias através de testes menos invasivos.

Pesquisadores descobriram que uma grande quantidade de substâncias identificáveis está contida na urina de pacientes que têm alergia a certos alimentos, o que poderia ajudar no diagnóstico precoce de alergias através de testes menos invasivos.

Saiba mais
Continue reading...

Suspensão do alimento que causa alergia deve ser acompanhada

Suspensão do alimento que causa alergia deve ser acompanhada

Entre os tratamentos da alergia alimentar está a suspensão do alimento desencadeador da alergia, porém, é muito importante que isso seja acompanhado por especialistas para que não haja prejuízos nutricionais, principalmente na infância. O ideal é o acompanhamento multidisciplinar, com o pediatra, alergista e nutricionista.

A médica Renata Cocco, Coordenadora do Departamento Científico de Alergia Alimentar da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI), explica que macro e micronutrientes devem ser corretamente supridos, quer na forma de alimentação ou de suplementos exógenos. 

Saiba mais
Continue reading...