A relação entre alergias e a asma

A relação entre alergias e a asma

A asma é uma das doenças respiratórias mais comuns, afetando cerca de 5% da população em geral (chegando a 10% em crianças), e tem algumas características peculiares:

– É uma doença inflamatória crônica das vias respiratórias, que aparece como resultado da ação conjunta de fatores ambientais (ácaros da poeira, mofo, poluentes, infecção respiratória por vírus), nutricionais (excesso de peso), hormonais (menstruar em idade mais jovem) e de genes herdados dos pais que fazem com que alguns tenham mais chance de desenvolver asma (predisposição genética);

Saiba mais

Diferença entre alergia tardia e alergia imediata

Diferença entre alergia tardia e alergia imediata

Muitas pessoas têm dúvida sobre qual a diferença entre alergia tardia e alergia imediata. E elas realmente são questões bem diferentes.

Quando se fala em alergia geralmente se pensa em espirros, coceiras, pele vermelha, garganta trancada ou mesmo choque anafilático. Mas esses sintomas são bastante característico de um tipo de alergia, que seria a alergia imediata (tecnicamente conhecida como aquela mediada por IgE).

Saiba mais

Colite Alérgica às Proteínas do Leite de Vaca

Colite Alérgica às Proteínas do Leite de Vaca

Colite é uma inflamação no intestino e na colite alérgica, essa inflamação é causada pelo contato de proteínas alergênicas alimentares com o intestino, provocando lesões microscópicas e sofrimento intestinal.

A principal causa de colite alérgica em bebês e crianças é a ALERGIA A PROTEÍNA DO LEITE DE VACA (APLV).

E a principal manifestação da colite alérgica é DIARREIA COM SANGUE E MUCO.

Portanto, na colite alérgica, o paciente pode apresentar qualquer um desses SINAIS E SINTOMAS:

Saiba mais

Bebês que nascem por cesariana têm duas vezes mais chances serem alérgicos ao leite de vaca, diz estudo

Bebês que nascem por cesariana têm duas vezes mais chances serem alérgicos ao leite de vaca, diz estudo

A pesquisa foi realizada por especialistas de um tradicional hospital de Buenos Aires, na Argentina

Urticária, vômitos, diarreia e cólicas. Estes são alguns dos sintomas causados pela Alergia à Proteína do Leite de Vaca (APLV), um distúrbio alimentar no qual o organismo humano rejeita a ingestão de leite e, consequentemente, de seus derivados. Uma vez que boa parte dos alimentos que consumimos diariamente possuem o leite de vaca como base, a doença pode causar diversos transtornos, afetando a qualidade de vida.

Saiba mais

Mitos e verdades sobre alergia

Mitos e verdades sobre alergia

Não importa a época do ano, a alergia já é um problema que afeta cerca de 30% da população brasileira, segundo estudos da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (Asbai).

Já outra informação da Organização Mundial da Alergia mostra que 40% da população mundial têm alguma alergia. A organização ainda estima que o número de asmáticos no mundo chegue a 400 milhões de pessoas até 2025.

Saiba mais

Alergias, elas andam aí

Alergias, elas andam aí

Ácaros, fungos, bolor, pólenes, insetos, certos alimentos. Inimigos no ar, em casa, à mesa, na pele.

Tosse, espirros, corrimento nasal, comichão na pele, olhos vermelhos e inchados? Então as alergias andam aí. Nada de estranho até porque elas costumam dar o ar da sua graça nas mudanças de estação e a primavera está à porta. Pode não conseguir escapar-lhes, mas há coisas a fazer porque elas são chatas e têm o poder de inquinar a qualidade de vida.

Saiba mais

Alergia a múltiplos alimentos: reações alérgicas cruzadas

Alergia a múltiplos alimentos: reações alérgicas cruzadas

O assunto de hoje no meu blog é um tanto complexo , mas resolvi escrever para auxiliar no entendimento de médicos não especialistas e familiares de pacientes alérgicos que não compreendem como determinados alimentos ou produtos que PARECEM não ter relação ALGUMA com o alimento provado através do teste alérgico , dar os mesmos tipos de reações alérgicas ou ate mesmo reações adversas GRAVES.

Saiba mais

10 coisas que aprendi com a alergia da minha filha – APLV

10 coisas que aprendi com a alergia da minha filha – APLV

Como a APLV me ensinou a ser uma mãe melhor

Desde os primeiros dias de vida da Alice, achei que havia algo diferente. Mas, mãe de primeira viagem, tudo o que a gente ouve é que “soltar pum demais é normal”, “vomitar em jato depois de mamar é normal”, “fazer aquele cocô horrível e fedido demais é normal”. Não era. Aos quatro meses, depois de muitos puns, vômitos e cocôs horrendos, pequenos raias de sangue nas fezes comprovaram a minha desconfiança: Alice era alérgica à proteína do leite de vaca.

Saiba mais

Para crianças, nenhum alimento deve ser banido

Para crianças, nenhum alimento deve ser banido

Por muito tempo admitiu-se que era necessário evitar os alérgenos. Hoje em dia, este princípio foi desacreditado, desde que certas regras sejam respeitadas.

Uma vez que a alergia aparece é necessário conviver com ela. A única solução para evitar uma rinite, uma crise de asma, um edema…será fugir do alérgeno ou recorrer à dessensibilização, quando isso for possível. No entanto, algumas medidas tomadas antes mesmo do nascimento da criança limitarão os riscos de desenvolver uma alergia.

Saiba mais

Fórmula para alérgico à proteína do leite será tratada como medicamento

Fórmula para alérgico à proteína do leite será tratada como medicamento

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara aprovou o Projeto de Lei 5230/16, da deputada Flávia Morais (PDT-GO), que garante às fórmulas nutricionais para crianças com alergia à proteína do leite de vaca o mesmo regramento previsto para os medicamentos.

A proposta determina que essas fórmulas sejam submetidas ao sistema de regulação de remédios e compradas pelo poder público por cálculo de preço, como já ocorre com determinados medicamentos. O texto inclui as fórmulas na Lei 10.742/03, que regula o setor farmacêutico.

Saiba mais